Novidades

Compartilhar no facebook

O Dry Needling ou Agulhamento à seco ajuda o paciente a livra-se das dores e tensões

 
Terapia diminui a dor em 70% na primeira sessão

A técnica pouco conhecida no Brasil está cada vez mais ganhando novos adeptos pela sua eficácia e resolutividade. Trata-se de um método invasivo que utiliza o “agulhamento à seco” sem nenhuma medicação em pontos anatômicos específicos no tratamento da dor miofascial.

Diferentemente da acupuntura, que só tem de semelhança com uso das agulhas e utiliza meridianos do corpo para alvejar a dor ou outras condições. Já o Agulhamento à seco vai diretamente à fonte, no ponto da dor. Pode ser empregado no tratamento de diversos distúrbios musculares locais, como torcicolos, “trigger points”, síndrome miofascial, cefaléia tencional, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciatalgias e também dores articulares do esqueleto apendicular.

“O Dry Needling é uma excelente técnica utilizada para diminuir e até mesmo curar dores musculares, crônicas ou agudas, podendo ser aplicado associado a outras técnicas manuais”, ressalta Carina Fernanda, Diretora Técnica e Fisioterapeuta da Fisgest.

Ainda de acordo com Carina, a técnica de agulhamento à seco desativa pontos de tensão do músculo, e associado com a Terapia Manual pode aliviar as dores em até 70% já na primeira sessão.